A Happy Dolphins Encounters (HDE) é uma organização belga sem fins lucrativos fundada em 2000 que consiste numa equipa de 14 voluntários, incluindo doutores especializados no tratamento de crianças doentes. A HDE solicita doações – públicas e privadas – para dar a essas crianças uma oportunidade de encontrar golfinhos no seu habitat natural na Flórida. O objectivo é proporcionar uma experiência extraordinária e incomparável para crianças fragilizadas por uma doença ou deficiência física ou numa situação social altamente precária.

 

AVENTURAS CONTRIBUEM PARA O DESENVOLVIMENTO PESSOAL
Visto que nenhuma criança deveria sofrer porque a sua condição a impede de saber o que é a alegria de uma viagem, a nossa equipa decidiu dar-lhes um pouco de felicidade ao tirá-los da rotina (dos tratamentos penosos, hospitalizações constantes, problemas escolares, etc.).

A sensação de alegria e surpresa proporcionada pela experiência do contacto com mamíferos marinhos faz com que possam superar as suas dificuldades e expandir os seus horizontes em termos de respeito pelo próximo e pelo meio-ambiente. Esta aventura também contribui para o seu desenvolvimento e aumenta a auto-estima.


APOIO PESSOAL
Em 2010, Olivier Vangaever e Emmanuel Dehantschutter da Sika Automotive Bélgica S.A. juntaram-se à HDE para dar apoio e ganhar uma experiência humana enriquecedora. Desde que se juntaram à organização, eles colaboraram em três viagens, e Olivier até foi numa delas pessoalmente em 2011. A HDE já levou um total de 60 crianças para a Flórida. A Sika apoia a organização desde 2011, financiando os custos de viagem de uma criança por ano, o que significa que até agora três crianças puderam viajar graças à Sika.


VIVER UM SONHO
O sonho começa no aeroporto e no avião. Para algumas crianças esta é a primeira viagem de avião. Eles aterram em Panama City Beach, onde são recebidos pela Water Planet, a equipa localizada nos Estados Unidos para organizar as actividades. Durante a semana em Panama City Beach, as crianças vivem o sonho 200%.


NÃO MAIS HOSPITAL
Quando as crianças voltam para casa já não são mais as mesmas. Não são mais os pequenos doentes e deficientes, mas as crianças que encontraram os golfinhos no oceano. O seu rótulo social mudou. Alguns ganharam mais independência, outros mais confiança. Alguns confortam-se com as memórias, como o menino que usa a foto dos golfinhos para se acalmar em momentos de ansiedade.

Se quiser saber mais, visite: www.happydolphins.org